segunda-feira, 15 de junho de 2009

Samba - Agoniza, mas não morre

Oi gente!

Depois do feriado, quero voltar com força total ao MPBruno... é que, ontem, atingimos a marca dos 100 downloads! Não encontrei ainda um contador de visitas, para saber quantas pessoas acessam meu blog. Mas, pelo site dos downloads, sei que tem muita gente baixando muita coisa. Fico feliz, é claro.

Depois da coletânea do mestre Cartola, vou postar uma série de CDs de samba. Cada um tem um tema diferente e eu não poderia começar sem reverenciar os grandes mestres, os sambistas da antiga, os artistas maiores desse estilo e dessa cultura. É uma coletânea bem diversificada, com sambas de vários tipos, procurando não esquecer nenhum grande nome... mas é claro que isso aconteceu e peço, desde já, que me perdoem as ausências. Para baixar, clique aqui. E vamos lá!

1. 1800 colinas - Beth Carvalho - A madrinha do samba, como Beth é conhecida, abre o CD com uma gravação bem antiga, desse samba de Gracia do Salgueiro. É um samba bem tradicional, com melodia bem simples, letra quase óbvia, mas com aquele suingue que ritmo nenhum outro consegue superar. Comece a cantarolar e não consiga mais parar.

2. Leva meu samba / Minha festa - Roberto Ribeiro - Eis mais uma grande voz do samba, entoando dois grandes clássicos das rodas de samba. A primeira canção é de Ataulfo Alves. A segunda, de Nelson Cavaquinho e Guilherme de Brito. Duas pérolas, dois primores.

3. Beija-me - Zeca Pagodinho - Faixa que abria o disco que Zeca gravou recentemente, pela MTV, só com sambas de gafieira. Serve para mostrar como até os grandes sambistas da atualidade precisam, às vezes, prestar reverência aos ambientes tradicionais e aos formatos consagrados.

4. Falso amor sincero - Nelson Sargento - Este é um bom exemplar do grupo dos sambas debochados, de letras divertidas, com rimas inesperadas. Quem canta é o próprio compositor, que, já tendo lançado até livro com seus pensamentos, se revela mesmo é um filósofo do samba.

5. Patrão, prenda seu gado - Fundo de Quintal - Este samba é um ancestral, tão antigo quando "Batuque na cozinha" ou "Pelo telefone". Seus compositores? A famosa Santíssima Trindade do Samba: Donga, Pixinguinha e João da Baiana. Reparem se a melodia não tem um toque de ancestralidade.

6. Nos combates desta vida - Dona Ivone Lara - A grande dama do samba - primeira mulher a integrar uma ala de compositores de uma escola de samba - não podia ficar de fora. Aqui ela aparece interpretando um de seus sambas mais guerreiros, recentemente apresentado em show por Maria Bethânia.

7. Gotas de veneno / Senhora liberdade - Nei Lopes e Wilson Moreira - Nei é, certamente, uma das cabeças pensantes do samba. Continua compondo com competência e tem no currículo obras memoráveis. Com a companhia de Wilson Moreira, a coisa fica mehor ainda.

8. Sempre teu amor - Argemiro e Casquinha - Samba típico de velha guarda, para se cantar em roda, com pastoras fazendo coro, muita percussão e todo o povo ao redor. Faixa extraída do estupendo disco Tudo azul, da Velha Guarda da Portela, produzido por Marisa Monte.

9. Você passa, eu acho graça - Martinho da Vila - Samba sempre associado à voz de Clara Nunes, fez muito sucesso na época do seu lançamento. Oficialmente, é uma inusitada parceria de Ataulfo Alves com Carlos Imperial. Há quem diga que a coisa não foi assim, mas de qualquer forma é um sambão!

10. O surdo - Alcione - Embora tenha ficado muito famosa pelos seus sucessos românticos, melosos e snesuais, o lado sambista da Marrom não pode ser esquecido. Quando quer, ela sabe dar um balanço sensacional aos sambas. Reparem!

11. Tudo menos amor - Monarco - Outro samba de velha guarda, com duas partes bem definidas e melodia empolgante. Monarco (autor do samba) é a voz oficial da Velha Guarda da Portela há muitos anos. E não é à toa: timbre especial, afinação precisa, interpretação comovente etc.

12. Notícia - Roberto Silva - Diz uma lenda que João Gilberto tem em casa menos de dez discos. Um deles seria de Roberto Silva, o intérprete desse samba. Com ou sem o aval de João, o fato é que trata-se de um grande cantor de samba!

13. Conselho - Almir Guineto - Almir é mestre dos sambas românticos, com letras extremamente criativas e melodias geniais. Este samba é dele mesmo e mostra como esse sambista é eficiente na hora de contagiar, emocionar e encantar.

14. As forças da natureza - Clara Nunes - O ABC feminino do Samba está completo. Depois de Alcione e Beth, faltava Clara. Esta faixa é um clássico, deixando a guerreira mostrar toda a sua potência vocal, sua técnica impressionante e sua capacidade interpretativa. Os versos de Paulo César Pinheiro e a melodia de João Nogueira ajudam muito.

15. Volta por cima - Noite Ilustrada - O compositor desta faixa é o paulista Paulo Vanzolini, que recentemente, numa entrevista, disse que o verso mais importante deste samba é "Reconhece a queda". Sabedoria pura. E Noite Ilustrada dá seu inconfundível toque de elegância.

16. Amor proibido - Cartola - Samba da antiga sem Cartola não dá! Sua genialidade aparece aqui, com letra sofisticada e melodia sinuosa. E sua interpretação que, se não é brilhante, comove pela simplicidade e pelo conhecimento da própria obra.

17. Peito vazio - Elton Medeiros - Outro grande compositor, mas que nem sempre recebe o destaque merecido. Este samba é uma parceria sua com Cartola, e o resultado não poderia ter sido melhor. A letra fala do cotidiano, sem soar banal. E o sentimento aparece em cada verso.

18. Ladrão que entra em casa de pobre - Dona Inah - Uma sambista de São Paulo também não poderia faltar. Dona Inah foi descoberta recentemente, já com idade avançada, o que mostra que o samba fica melhor com o passar do tempo.

19. Peregrino - Paulinho da Viola - Quando Paulinho lançou, em 1996, seu disco Bebadosamba, ficava impossível eleger a melhor faixa, de tão lindas e perfeitas que eram as faixas. Aqui temos uma, composta por Noca da Portela, que serve para representar os sambas-exaltação.

20. Olhar assim - Clementina de Jesus - A voz ancestral do samba, Clementina é considerada um elo perdido entre a raiz africana do samba e sua manifestação pujante no Brasil. Esta faixa, composição do inesquecível Paulo da Portela, não tem tanto essa carga de ancestralidade, mas mostra bem como a Quelé era grande intérprete.

21. Divino - Zezinho e Noca da Portela - Outro samba exaltação, que tem na letra a vontade de mostrar as tradições e as glórias de uma escola de samba. É a Velha Guarda da Mangueira cantando versos de Noca da Portela, para que fique clara a fraternidade que reina entre esses sambistas todos. E que melodia!

22. Piston de gafieira - Moreira da Silva - O mestre do samba de breque, o malandro por excelência, o famoso Morangueira aparece aqui em gravação muito antiga, cantando um samba típico de gafieira, que narra uma inusitada situação acontecida num salão. Vale a pena conferir.

23. Pranto livre - Elza Soares - Como não incluir nesta coletânea a voz subilme de Elza, que tanto já fez pelo samba, sem receber - é bom que se diga - o valor devido? A melodia belíssima serve de base para a sambista mostrar do que é capaz, na hora em que abre sua garganta.

24. Gotas de luar - Guilherme de Brito - Marisa Monte gravou há poucos anos esse samba e muitos devem ter pensado que era composição dela. Quisera ela que fosse. É Nelson Cavaquinho e Guilherme de Brito. Não é para qualquer um!

25. Contos de areia - Walter Alfaiate - Para terminar, um samba enredo. Daqueles de melodia absolutamente empolgante, com letra falando de África, de antigos sambistas e de orixás. Combinação que ficou perfeita com a voz elegante de Walter Alfaiate. Eparrei!

Lnk para baixar o CD: http://www.4shared.com/file/112089280/1e8effc9/Agoniza_mas_no_morre_-_mpbrunoblogblogspotcom.html.

6 comentários:

Anônimo disse...

Amooooooooooooon!!!
Não tá faltando um "i" nesse título???
Bjosss

Anônimo disse...

ADOREIIIIIII a postagem do Agoniza mas não morre! É uma das minhas coletâneas preferidas. Os sintéticos comentários são precisos e preciosos. Só pra variar. Bjs, queridíssimo.

thadeutanganelli disse...

Adoreeeeeeei!!!
Minha preferência são os compositores de samba das antigas,lembro dos tempos da casa da vovó... rs
Com certeza baixarei e darei de presente a ela, ou melhor, vc gravará e dará, pois prometeu e ainda não cumpriu!
Amei o CD, tendo Alcione e Beth,tive a honra de vê-la cantar no bar da Magueira! Quase morri...
Parabéns mais uma vez pelo ótimo gosto!!
Terás mto suceso!!!
=)

Fabrício disse...

Fala Brunão!
Primeiro, legal o seu blog (como tudo o que vc faz)! Venho visitando secretamente há alguns dias, hehehe.
Outra: para contagem de visitas, tem umas ferramentazinhas "de grátis" bem legais, e para um olhar mais detalhado eu uso o Google Analytics. Dá uma visão bem bacana de quem visita seu blog, de onde vem, etc etc etc.
Abração! E vê se não some!

Baixar Músicas Grátis disse...

Adoro o samba! pra mim melhor ritimo do brasil!

Anônimo disse...

necessario verificar:)